Os Tempos Mudaram – Ao Vivo

2017 – Sony Music

Playlist DVD Os Tempos Mudaram

Compartilhe no   

Inscrever-se no 

Release

Roberta Miranda e convidadas gravam DVD em SP

Se escrevessem um livro sobre a música sertaneja, com certeza, a noite de 08 de março não caberia em um capítulo. Aliás, a noite daquela quarta feira merece mais do que isso porque passou a representar um marco na história da mulher na música popular brasileira. É a confirmação de que definitivamente a mulher fincou o pé e se impôs no segmento antes tão representado apenas por homens em seus compositores, intérpretes e temas. A mulher conseguiu ocupar um lugar de destaque e, na noite de 08 de março, tão simbólica pela data comemorativa que é, isso foi confirmado sob a batuta e regência de sua maior intérprete, precursora desta batalha e grande rainha, ROBERTA MIRANDA.

Foram seis participações e nove estrelas que abrilhantaram o palco do Espaço das Américas em São Paulo ao lado de Maria Albuquerque de Miranda, a paraibana cantora, compositora de hinos sertanejos e escultora e pintora e artista em toda sua essência, uma musa que, em trinta anos de carreira, carrega o título de rainha da música sertaneja. O repertório difícil de montar juntou 20 canções, sendo sete inéditas e muitos sucessos. Vozes de todos os timbres, primeiras e segundas, muitos estilos de interpretação, mulheres lindas, fortes e de muito, muito sucesso. Solange Almeida, Maiara e Maraisa, Simone e Simaria, Naiara Azevedo, Day e Lara e Marília Mendonça conseguiram atender ao pedido que sempre foi constante de Roberta Miranda que era a presença da mulher na música sertaneja. “Nunca admiti essa ausência. Hoje, posso olhar pra dentro de mim mesma e me sentir realizada, enxergar que estou deixando meu legado, reconhecer uma parte de mim mesma em cada uma delas e saber que elas reconhecem isso também. E esse resultado se  transformou em pura emoção, luz e muita benção.”

O público se fez presente e desenvolveu seu papel. Lotou a casa, assumiu os vocais, aplaudiu, vibrou. A junção de Laercio da Costa na produção musical com o maestro Caixote na produção dos arranjos com músicos escolhidos a dedo e uma equipe técnica e de produção completamente  envolvida complementou o brilho de todas aquelas mulheres nos microfones. Uma grande festa resumida num DVD ainda não batizado e com lançamento previsto para junho para comemorar os 30 anos de Roberta Miranda. E às suas sementinhas, como Roberta Miranda chama cada uma das cantoras que fizeram parte desta noite tão importante para a carreira dela quanto para a música sertaneja, ela deseja cada vez mais sucesso. A ela mesma, Roberta Miranda deseja continuar sempre. “A minha arte é missão e vou até onde Deus permitir”

Outros Álbuns